Di20 Design gráfico, de embalagem, marcas e lojas

As apresentações de tela on-board são a maneira perfeita de mostrar seu produto e configurar seus usuários para o sucesso.

Os benefícios ficaram claros assim que você começar – você verá uma redução nos chamados de clientes. Os novos clientes entenderão melhor o seu produto e os lançamentos de seus produtos terão um maior impacto.

Criando screencasts (uma gravação de vídeo de ações na tela acompanhadas de uma narração) geralmente é rotulado como muito difícil ou muito demorado. Mas não é, e nós podemos ajudá-lo com isso. Vídeo é uma estratégia fundamental para sua empresa. Entenda porque.

Cinco razões pelas quais o conteúdo em vídeo é o rei

  1. Você pode simultaneamente mostrar e contar com o vídeo. As idéias são comunicadas e compreendidas mais rapidamente.
  2. Os humanos são preguiçosos. Em vez de ler longos textos, preferimos ser alimentados com uma idéia.
  3. Sua equipe de suporte ( receberá menos perguntas sobre tópicos sobre os quais você fez vídeos.
  4. Quando você obtém questões de suporte ao cliente, o vídeo torna as respostas mais rápidas e eficientes. Em vez de ter uma longa conversa com um cliente para explicar um problema e para esclarecer suas dúvidas, você pode apenas apresentar o vídeo. Tarefa concluída.
  5. O custo da produção de vídeo caiu. As ferramentas e os equipamentos são mais acessíveis e o tempo de produção é muito menor.

Agora que você já conhece as vantagens de usar video para apresentar seus produtos, veja algumas dicas para criar videos screencast (tela on-board) com ótimo visual.

1. Antes de gravar qualquer coisa

Não pense em gravar nenhum vídeo até que você entenda completamente este conteúdo.

Foque primeiro em transmitir seu conhecimento sobre o produto.  Preocupe-se em achar o expert em vídeo em segundo lugar.

É muito comúm ver chefes de produto estressadas sobre quem eles podem contratar para fazer seu vídeo para eles. Essa é uma forma muito ruim de começar. Por isso invista seu tempo montando um roteiro de qualidade e deixe a execução com os profissionais, assim você terá conteúdo de qualidade e vídeo com qualidade.

Se eu tivesse apenas um conselho para quem criasse um screencast onboarding para seus clientes seria “O principal é ter o conhecimento do produto em primeiro lugar, experiência de vídeo em segundo lugar.” Então crie seu próprio roteiro.  Claro, você está ocupado(a). Todo mundo está ocupado. Mas você tem conhecimento íntimo do seu produto, da cultura da sua empresa e da maneira como se comunica com os clientes, como ninguém. Isso reduzirá seus custos e tempo de produção e assim a produtora não poderá errar na hora de montar seu vídeo.

Pegue estes três exemplos de screencasts que não exigem mais do que algumas horas de trabalho. Eles podem parecer muito simples mas são os mais adequados e é tudo o que precisa para um vídeo de software on-boardingp

Não faça nada até que você tenha escrito seu script

Pegue uma folha A4 e dobre-a no meio. Do lado esquerdo escreva o que precisa ser explicado, no direito coloque a descrição do que deve aparecer na tela nesse ponto.

VEJA MAIS NOTÍCIAS
RELACIONADAS